sexta-feira, setembro 30, 2011

JOSÉ ARIMATÉA
CHORO SUAVE
Moda Antiga
JOSÉ ARIMATÉA
A flauta de prata ao amanhecer (Arimatéa)

quinta-feira, setembro 29, 2011

GRUPO JACOBIANDO

Minhas mãos, meu cavaquinho

quarta-feira, setembro 28, 2011

terça-feira, setembro 27, 2011

segunda-feira, setembro 26, 2011

domingo, setembro 25, 2011

sábado, setembro 24, 2011

Jacob do Bandolim - Vibrações
Fidalga(Ernesto Nazareth)

sexta-feira, setembro 23, 2011

Alfredo Muro
Alma Brasileira
Violonista Peruano(Fantástico)
Link Informativo:
Gente Humilde(Garoto)
Alfredo Muro - Journey Through the Strings
http://www.mediafire.com/?cimusadssi7sfal
 
Se todos fossem iguais a você (Tom Jobim) 

quinta-feira, setembro 22, 2011

Danilo Brito - Perambunado

Danilo Brito - Perambulando

Confidências(Nazareth)
Danilo Brito - Moleque Atrevido
http://www.mediafire.com/?4hz2blsxe49eufl

Eu quero é sossêgo(K-Ximbinho)

quarta-feira, setembro 21, 2011

Moderna Tradição:
Isaías & Israel,  Nailor Proveta,
Benjamin Taubkin e Guello.
http://www.mediafire.com/?u1ohgsaodc3gvu3
Link de informação:
Pérolas(Jacob do Bandolim)

terça-feira, setembro 20, 2011

Joel Nascimento 
Saveiros
Joel Nascimento
Chorando de Verdade
http://www.mediafire.com/?ysimm57tmh7r5bx
Iara
Hamilton de Hollanda & Joel Nascimento
Gôtas de Ouro
Joel Nascimento - Chorando pelos dedos
Eu bem que avisei a ela
O tempo passou na janela
E só Carolina não viu .
Carolina(Chico Buarque)

segunda-feira, setembro 19, 2011

Isaías - Entre Amigos
Quem não chora não mama
http://www.mediafire.com/?31aar6uzdsj2u24
Brazilliance
Isaías & Israel - Entre amigos
O Choro e sua História( 3 discos)
Minha dor
Estranho
Papo de Anjo 

sábado, setembro 17, 2011

Luperce Miranda
História de um Bandolim
http://www.mediafire.com/?do6d8tcr91ck3w8
Subindo ao Céu
Luperce Miranda interpreta Luperce Miranda
Alma e Coração
Luperce Miranda - A Eterna Seresta
Luperce Miranda - De ontem e sempre 
Saudades de Ouro Preto 
Luperce Miranda - Bandolim Pernambucano (1971) Grav. SOM 
Depois - é só a lembrança da partida
Agora - é só olhar e não ver nada
E a lágrima de há pouco é esquecida
Porque o adeus não espera a madrugada.
(Marcus Pereira, do livro Inconfidências, Editora Hucitec, 1977)
Mimi

sexta-feira, setembro 16, 2011

Mão na Roda - Choro Brasileiro
http://www.mediafire.com/?cn8hct7ad71ivzn
Créditos merecidos para o blog Povos da Música.
Rapaziada Argentina, NUESTROS HERMANOS, mandando brasa no choro.
Link esclarecedor:
http://www.vivaviver.com.br/bela_musica/mao_na_roda_hermanos_que_tocam_o_legitimo_choro_brasileiro/1079/
Doce de coco

quinta-feira, setembro 15, 2011

Canhotinho - Luz e Sombra
http://www.mediafire.com/?jslu757w83lpd4b

Leva de vez a saudade
E apaga alembrança do que se perdeu
Ficando comigo a chama da vida
Eu canto a esperança que nunca morreu.
(Paulinho da Viola)

quarta-feira, setembro 14, 2011

Chorinho - Os Coroas
Hoje eu quero paz de criança dormindo
E o abandono de flores se abrindo 
Para enfeitar a noite de meu bem.
(Dolores Duran)
Ternura

terça-feira, setembro 13, 2011

Choro no Céu
Vários Interprétes
Fez dos meus braços armador pra sua rede
Matou a sede quando quis  os beijos meus 
Me coube tanto o seu corpo no  meu corpo 
Depois saiu bateu a porta e  disse adeus
(Bia Marinho)
Noites Cariocas

segunda-feira, setembro 12, 2011

Apaixonado por chorinho

Dorme, junto aos teus pés, o meu ciúme
Enjeitado e faminto como um cão.
(Orestes Barbosa e Silvio Caldas)
Olhos nos olhos

domingo, setembro 11, 2011

Grupo Chapéu de Palha 
(1979)
Semente de amor
Sei que sou desde nascença
 Mas sem ter vida e fulgor
Eis a minha sentença.
Tentei pela primeira vez um sonho vibrar
Foi beijo que nasceu
E morreu sem se chegar a dar.
(Cartola)
Chora Cavaquinho

sábado, setembro 10, 2011

Grupo Chapéu de Palha 
(1977)
http://www.mediafire.com/?137kbk5zaqq54cw
Na Rua, uma poça d'agua
Espelho da minha mágoa
Transporta o céu para o chão
(Newton Teeixeira)

Proezas do Solon

sexta-feira, setembro 09, 2011

Niquinho e seu Conjunto
Mixidinho
Não chore ainda não, que eu tenho um violão 
E nós vamos cantar
Felicidade aqui, pode passar e ouvir
E se ela for de samba há de querer ficar.
(Chico Buarque)
Beija-me

quinta-feira, setembro 08, 2011

Altamiro Carrilho e Niquinho
A Flauta de Prata e o Bandolim de Ouro
http://www.mediafire.com/?c9q2j546akx38do
A porta do barraco era sem trinco
Mas, a Lua furando nosso zinco
Salpicava de estrelas nosso Chão.
(Orestes Barbosa e Silvio Caldas)
Ave Maria

quarta-feira, setembro 07, 2011

Orlando Silveira - Par Constante
Créditos dessa postagem ficam para o blog abracadabra(postagem original) e o blog Baú de Long Playing
onde consegui as musicas.
Pau de Arara
Orlando Silveira
Ontem, hoje e sempre
Para o meu sonho louco
Eu peço muito pouco
Uma palavra apenas:
Você
Uma noite em Sumaré

terça-feira, setembro 06, 2011

Paulo Moura
Estação Leopoldina
Fiz um poema pra te dar 
Cheio de rimas que acabei de musicar
Se por capricho
Não quiseres aceitar
Tenho que jogar no lixo
Mais um samba popular
 ( Noel Rosa e Vadico )
Simplicidade

segunda-feira, setembro 05, 2011

Conjunto Flor Amorosa
E depois também perdoar a quem erra
É ser perdoado na terra 
Sem ter que pedir perdão no céu. 
(Pixinguinha)
Ingênuo

domingo, setembro 04, 2011

Zé da Velha e Silvério Pontes
Alvorada lá no morro, que beleza
Ninguém chora, não há tristeza
Ninguém sente dissabor
O sol colorindo é tão lindo, é tão lindo
E a natureza tingindo, tingindo
Você também me lembra a alvorada
Quando chega iluminando
Meus caminhos tão sem vida
E o que me resta é bem pouco
Ou quase nada, do que ir assim, vagando 
Nesta estrada perdida 
Alvorada

sábado, setembro 03, 2011

Zé da Velha e Silvério Pontes
Só Gafieira
Se um beija-flor descobrisse 
A doçura e a meiguice
que teus lábios têm
Jamais roçaria as asas brejeiras
Por entre roseiras em jardins de ninguém
Oh! dona dos sonhos
Ilusão concebida
Surpresa que a vida,
Me fez das mulheres 
Há no meu coração
Uma flor em botão
Que abrirás se quiseres.
(Claudionor Cruz & Pedro Caetano)
Nova Ilusão

sexta-feira, setembro 02, 2011

Zé da Velha e Silvério Pontes
Tudo é dança 
http://www.mediafire.com/?jgetlcwk0n2a4lu
REVENDO O PASSADO(FreireJr.)
Quem não tem no seu passado
As cinzas do seu bem
No túmulo guardado
O seu amor primeiro?
Talvez o derradeiro!
Sim, somos todos iguais.
A vida é mesmo assim
Desilusões e nada mais


Revendo o passado

quinta-feira, setembro 01, 2011

Zé da Velha e Silvério Pontes
RODA DE CHORO (Paulo César Pinheiro)
O choro é como 
Um vestido de roda,
Que não segue a moda,
Que a moda não dura,
O seu tecido
 É de fino novelo
Parece um modelo
Da alta-costura
Link informativo:
http://zedavelhaesilveriopontes.blogspot.com/
Sedutor